Volver a Vieiros

Baronha

Enviado por suso o día 11.03.2009

A moça era fermosa como uma deusa, e estava núa. O sol tirava brilhos de cobre do seu cabelo, e já deitara milheiros de gotas de suor na sua pele cor de mel. Ao fundo, o mar. Entreabriu a boca e chupou com doçura toda a longitude cilíndrica, até a ponta; os lábios de suave veludo quente deslizaram-se arriba e abaixo uma e outra vez. Um leve fio de líquido branco escorregou da boca, um regeuirinho que foi ter ao peito esquerdo, arrodeou a mamila, pingou no embigo e percorreu o ventre liso. Deteve o seu caminho nos rizos do pubis, a refulgir em gotas como pérolas. Olhou-me pícara, sorriu. Devolvi-lhe o câmbio. Adoro o meu trabalho de verão: vendedor de gelados na praia de Baronha.


3.68/5 (208 votos)

bases ferve a rede

premios ferve a rede

Acceso

Se non estás rexistrado/a, faino aquí.